Participantes do Festival Origens 2019 chegam em Salvador para a Rota Náutica do Charuto

Passeio náutico, que navegará de Salvador em direção à Cachoeira, é destaque da programação da terceira edição do evento, que reúne os 4 C da Bahia: cachaça, café, charuto e chocolate.

Apreciadores de charutos de diversos estados do Brasil chegaram na Bahia, nesta quarta-feira (16), para a Rota Náutica do Charuto, que é parte da programação da terceira edição do Festival Origens 2019. Recepcionados no aeroporto de Salvador, os participantes que optaram por essa modalidade extra ao programa, já iniciaram o roteiro na cidade com visita ao Museu Náutico da Bahia, no Forte Santo Antônio da Barra, o famoso Farol da Barra; seguido de happy hour no Farol Café & Wine Bar e jantar no restaurante Du Chef.

Nesta quinta-feira (17), a rota seguirá de escuna rumo à Cachoeira, saindo da Baía de Todos os Santos, na capital baiana, passando pela Ilha dos Frades, até ancorar no Rio Paraguaçu. O evento que é sediado na cidade de Cachoeira, no Recôncavo da Bahia, terá abertura oficial nesta quinta-feira e seguirá até o próximo domingo (20), com visitas às fábricas produtoras de charutos da região, além de harmonizações do produto com cachaça, café e chocolate.

Participando pela primeira vez do evento, Gabriel Lorenço, paulista que mora no Rio Grande do Sul, falou sobre suas expectativas para essa edição. “Há um tempo me formei em sommelier e sou membro da Confraria de Charutos Habanos com Hermanos, então era uma vontade conhecer o festival. Estou com a melhor expectativa de todas, principalmente sobre a viagem náutica, porque vamos resgatar uma história que tem tudo a ver com a minha profissão de gastrônomo, que é entender a história e as origens, para sabermos como valorizar e trabalhar o produto”, contou.

Para a paulista Mikaela Paim, sommelier de vinhos e charutos, que participa do festival desde a primeira edição, a rota náutica é a grande novidade desse ano. “É meu terceiro ano consecutivo e fico muito feliz de ver o quanto o evento cresceu e se estruturou. Esse ano, por exemplo, temos a novidade da rota náutica, que vai nos proporcionar viver a história do charuto e da região por outro ângulo. Esse é o grande brilho dessa edição”, comemorou.

O festival é uma realização do Sindicato da Indústria do Tabaco do Estado da Bahia (Sinditabaco), com o apoio da Prefeitura Municipal de Cachoeira, Prefeitura Municipal de São Félix, Café Latitude 13º e Fazenda Sagarana – Chocolate de Origem e Cachaça Rio do Engenho.

Foto: Luan Dias

Últimos Posts

Fechar Menu